HomeArte & LazerVariedadesPai de 12 filhos, padre de milhares de fiéis

Pai de 12 filhos, padre de milhares de fiéis

Poucos dias após o Dia do Padre, comemorado no dia 4, José Brombal comemora no domingo o Dia dos Pais

Com noventa anos a serem completados na próxima terça-feira (15), o padre José Brombal antecipa uma comemoração no domingo e torna-a dupla: ele é pai de 12 filhos, e na terça é o aniversário. Mas na terça nada de festa – ela estará na comemoração do Dia da Padroeira, em cuja catedral, Nossa Senhora do Desterro, é vigário paroquial.
De família italiana e religiosa, que chegou ao Brasil no começo do século passado, padre José teve uma vida como todos de sua época. Nasceu em 1927, e desde criança ajudava a família na Fazenda Santa Gertrudes, em Vinhedo (então distrito da Rocinha, de Jundiaí).
A mudança para a cidade o transformou em marceneiro e carpinteiro. Casou em 1952 com Olinda, com quem teve 12 filhos. Participou sempre de movimentos religiosos, como a Congregação Mariana. Com a morte da mulher em 1986, passou a se dedicar à Igreja.
Tornou-se diácono, e em 1995, a convite do então bispo Dom Roberto Pinarello de Almeida, ordenou-se padre. Quando tomou a decisão, os filhos não estranharam. “Sempre fui católico e, quando recebi o convite, eles não ficaram surpresos com a minha decisão”, diz ele.
Mesmo com a idade, celebra duas missas por dia, e nos sermões procura passar sua experiência de vida.

Comentários