HomeCidadesSaltoSalto quer que Cetesb dê jeito no lixo do rio

Salto quer que Cetesb dê jeito no lixo do rio

Devido à grande quantidade de lixo e outros tipos de materiais vindos de outras cidades, principalmente da grande São Paulo, o prefeito Geraldo Garcia esteve na semana passada, para tentar resolver, ou pelo menos, minimizar o problema de acúmulo do lixo em Salto.
“É inadmissível recebermos todo este lixo e essa espuma gerada por produtos químicos despejados na água. Somos uma estância turística, fazemos nossa lição de casa tratando esgoto e realizando coleta seletiva, mas estamos sendo prejudicados pelo lixo que vem de outras cidades”, explicou o prefeito.
O nível do rio Tietê subiu dois metros entre terça e quarta-feira da semana passada, o que equivale a um aumento de 400 metros cúbicos para 500 metros cúbicos de vazão. O rio acumula especialmente garrafas pet, entre diversos outros materiais, inclusive embalagens de medicamentos.

Comentários