HomeCidadesVárzea PaulistaJuvenal quer construir nova represa em Várzea

Juvenal quer construir nova represa em Várzea

Prefeitura, Sabesp e Cetesb discutiram, além de nova represa, a questão de despoluição do Rio Jundiaí

Na semana passada, o prefeito de Várzea Paulista Juvenal Rossi e representes da Sabesp participaram de reunião na Cetesb em Jundiaí, para discutir meios para despoluir o Rio Jundiaí, através da construção de uma rede coletora para tratamento de esgoto para as empresas próximas a Marginal do Rio Jundiaí, além da possibilidade da criação de uma represa em Várzea.
Segundo o prefeito, Várzea Paulista tem verba a receber do Comitê de Estudos e Recuperação do Rio Jundiaí (Cerju), de aproximadamente R$ 400 mil. “Esse convênio foi criado em 1993 e esse valor ficou pendente”, conta ele. Agora, em parceria com a Sabesp, estamos desenvolvendo um projeto para que esse dinheiro possa ser utilizado”.
Juvenal explica que este trabalho deve ser feito o quanto antes. “Queremos promover melhorias na Marginal do Rio Jundiaí, portanto, a construção da rede de esgoto tem de ser feita antes disso, para que o asfalto não seja prejudicado”. Rossi destaca que a instalação da rede coletora pode trazer novas empresas para a cidade, e assim, gerar mais empregos.
Durante o encontro, Juvenal destacou seu interesse em construir uma represa em Várzea Paulista, para que a captação de água da cidade não se resuma ao Rio Jundiaí. “Vemos que em tempos de crise hídrica, ter o abastecimento atrelado apenas ao rio é algo muito frágil”, disse ele.
A intenção é construir uma represa em área de preservação na Marginal do Rio Jundiaí, que possui uma mina d’água e criar em seu entorno um parque ambiental.

Comentários